O primeiro longa de Ana Luiza Azevedo

A Casa de Cinema de Porto Alegre inicia a fase de produção de Antes que o Mundo Acabe, primeiro longa-metragem dirigido por Ana Luiza Azevedo. As filmagens iniciaram em 30 de outubro e vão até 2 de dezembro nas cidades de Taquara, Rolante, Santo Antônio da Patrulha e Porto Alegre. O filme é baseado em romance de mesmo nome, de Marcelo Carneiro da Cunha, que já vendeu mais de 50 mil exemplares em todo o Brasil. Conta a história de Daniel, um garoto que convive com a mãe e o marido dela, além de um amigo acusado de um crime e uma namorada que não quer saber de namoro. A vida nada calma de Daniel é sacudida com a chegada de uma carta do seu pai biológico, um fotógrafo em missão muito especial e que agora resolve fazer contato com o filho que nunca conheceu. Parte da equipe, de um total de 40 profissionais, já está nas cidades das locações preparando cenários, estrutura de alimentação e camarins. As cidades foram escolhidas para as filmagens por serem extremamente acolhedoras com a equipe, contribuindo de forma fundamental para realização da obra cinematográfica. Elas se tornarão cenários das aventuras de Daniel, Maria Clara, Mim e Lucas, protagonistas desta história que já é um best-seller na forma de livro.

Antes que o Mundo Acabe conta a história de Daniel, um menino de 15 anos, mergulhado em seu pequeno mundo com problemas que parecem insolúveis: uma namorada que não sabe o que quer, um amigo que está sendo acusado de ladrão e uma pequena cidade que vai ter que ser deixada pra trás. Tudo acontece quando ele recebe uma carta do pai que nunca conheceu e já nem lembrava que existia. Através das cartas e fotos enviadas pelo pai, Daniel descobre que o mundo é bem maior do que aquele que até então conhecia. Maria Clara, a irmã pequena de Daniel, observa tudo o que acontece à sua volta e, com um olhar crítico, narra esta história. Uma história em que parece que tudo vai acabar: os ursos negros, o suco de laranja, as tribos poliândricas e a pacata vida em São Pedro do Sul.

O roteiro é também de Ana Luiza Azevedo, com parceria de Paulo Halm, Giba Assis Brasil e Jorge Furtado. No elenco, Pedro Tergolina, Eduardo Cardoso, Bianca Menti, Caroline Guedes, Eduardo Moreira, Murilo Grossi, Janaína kremer, Mirna Spritzer, Irene Britzke, Carlos Cunha, Sérgio Lulkin. Ana Luiza Azevedo dirigiu os curtas DONA CRISTINA PERDEU A MEMÓRIA (2002), TRÊS MINUTOS (1999) e BARBOSA (1988) e o média metragem VENTRE LIVRE (1944). Foi assistente de direção de diversos filmes, entre eles os curtas ILHA DAS FLORES (1989), a minissérie LUNA CALIENTE (2000) e os longas TOLERÂNCIA (2000), O HOMEM QUE COPIAVA (2003), BENS CONFISCADOS (2004), MEU TIO MATOU UM CARA (2005) e SAL DE PRATA (2005).

Fonte: Fabiana Klein e Mariele Salgado, assessoria de imprensa.

Comentários

Paloma Rodrigues disse…
E cade as prés Renato?
Renato Martins disse…
Estamos em recesso! Descansando um pouco, viajei numa cobertura internacional pela Band. Estamos remontando equipe do site e filosofia de trabalho. E refazendo os contatos com as distribuidoras para fazer as nossas grandes sessões VIP! Aquele abraço.
Paloma Rodrigues disse…
Aaaah! Tá explicado!

Abraço Renato!